Qual música Zé Felipe plagiou?

O cantor Zé Felipe anunciou recentemente o lançamento de sua nova música. O hit apelidado de “Malvada” será lançado na próxima sexta-feira (28). Na tarde de hoje (26), a influenciadora Virgínia Fonseca, mulher do cantor, divulgou um trecho da música com um vídeo da coreografia ensinando os seus 32 milhões de seguidores a nova “trend” do momento.

Após a divulgação de Virgínia, a influenciadora digital Ingrid Vasconcelos fez um vídeo contando que a música que Zé Felipe irá lançar na próxima sexta-feira já foi lançada por outro cantor meses atrás, e mostrou na íntegra um vídeo de várias pessoas dançando o hit no TikTok. Segundo Ingrid, a canção lançada pelo sertanejo tem algumas modificações, porém, rapidamente diversos seguidores se manifestaram acusando Zé de plágio.

“Não sei se vocês sabem mais em dezembro um cantor chamado Matheus Moraes daqui de Pernambuco lançou uma música e uma galera dançou. Daí por acaso, hoje dia 26 de janeiro Virgínia posta esse vídeo dançando a nova música de Zé Felipe. Tipo assim, oi? Daí a gente foi comentar no vídeo e apagaram todos os comentários. Gente uma galera está comentando que é a mesma música. Daí faz como? O macho famoso vai levar o crédito?”, afirmou Ingrid através de um vídeo publicado no TikTok.

Rapidamente o vídeo viralizou e diversos fãs começaram a interagir no conteúdo concordando com a moça, afirmando que a música realmente era de outro cantor e a versão de Matheus Moraes era melhor que a do sertanejo. Zé Felipe não ficou quieto com a nova polêmica envolvendo seu nome e se manifestou rapidamente através dos stories do Instagram.

“Deixa eu explicar uma coisa para vocês aqui, eu vejo tanta gente falando coisa nada a ver e que não sabe de nada da música, a gente vai lançar a música nova sexta-feira agora, malvada, e aí, é plágio não sei o que, gente se fosse plágio nem ia dar para lançar a música cai na hora, música não é bagunça”, iniciou o cantor.

“Segundo, eu estava vindo de um show com ‘Niltinho’ e os compositores dessa música mandou pro Niltinho e ele me mostrou a música, tinha umas 7 músicas e eu gostei dessa, a letra nem era assim, era outra letra e eu falei que a música é massa demais, a melodia e tudo, mas eu quero mudar, colocar mais minha cara e eu tava em uma correria de show, de trabalhos, acompanhando a Virgínia também é liguei para o ‘Shylton’ compositor e falei estar na correria e pedi para ele mudar algumas coisas” continuou.

“Depois disso ele mandou a música, eu gostei, fui lá, a gente comprou a exclusividade da música, quando você compra a exclusividade só você pode gravar, mais ninguém. Eu não sabia que ninguém tinha gravado essa música, para mim era uma música inédita, nunca tinha escutado, escutei e gostei e falei: vou gravar”, afirmou o cantor.

Zé Felipe concluiu os stories falando que nunca roubou a música de ninguém, que não falta músicas para ele e que recebe diversas melodias diariamente. Por fim o sertanejo, filho do cantor Leonardo, confirmou que a música está documentada e que está tudo certo e sem polêmicas, mantendo o seu lançamento oficial para sexta-feira.

O compositor da música, Newton Fonseca, se manifestou confirmando a versão do cantor e negou todos os rumores de plágio que envolveram o nome de Zé nas últimas horas.

— VERLIPE INFOS ⛑ (@virlipeinfos) January 26, 2022

O cantor Zé Felipe, filho do sertanejo Leonardo, é suspeito de plágio. Segundo o compositor Carlinhos Mutuca, a parceria entre o cantor e MC Danny, que resultou na música "Toma Toma Vapo Vapo", estaria copiando uma composição de sua autoria.

Sucesso nas paradas de streaming, principalmente na rede social TikTok, o hit seria uma "cópia" da música Vap Vip criada por Carlinhos Mutuca.

No processo, Matuca está requerendo na Justiça uma indenização por danos morais, além de ter seu nome incluído como um dos autores do sucesso do filho de Leonardo. O processo ocorre Comarca de Bragança Paulista, interior de São Paulo.

CONHEÇA SUPOSTA VERSÃO "ORIGINAL" DE 'TOMA TOMA VAPO VAPO'

Ainda de acordo com Matuca, a canção 'Vip Vap' teria sido apresentada em programas em Rede Nacional como o Legendários, da TV Record, e no Programa do Ratinho, do SBT. Segundo ele, há semelhança entre o refrão, além das expressões que nomeiam as músicas terem o mesmo sentido sexual.

ZÉ FELIPE SE DEFENDE DE SUSPEITA DE PLÁGIO

Em nota, a assessoria do cantor Zé Felipe disse estar ciente do processo.

“O escritório do cantor Zé Felipe esclarece através da sua assessoria de imprensa, que tomou conhecimento da ação proposta por José Carlos. Assim sendo, o departamento jurídico está elaborando defesa comprovando que inexiste razão no mérito do pedido, como também que o Zé Felipe é apenas o intérprete da música (cantor), as demais questões deverão seguir entre o Autor e as gravadoras/produtoras”.

Música

Compositor diz ter canção semelhante e pede R$ 30 mil de indenização

O cantor sertanejo Zé Felipe, 24, está sendo processado por um cantor e compositor de nome José Carlos de Lima Pereira, conhecido como Carlinhos Mutuca. Ele afirma que a canção "Toma Toma Vapo Vapo", sucesso nas plataformas digitais, seria um plágio da ideia que ele teve com a canção "Vip Vap".

Pelas redes sociais, o compositor mostrou na íntegra a canção. No refrão, ele cita o termo "Vip Vap", o que agora afirma ser uma possível cópia. "Essa música que tem o mesmo significado e o mesmo duplo sentido, é como se ele tivesse tirado isso da minha música. Cantei o ‘Vip Vap’ na Record e no Programa do Ratinho (SBT). Se for plágio eu quero receber meus direitos", diz ele no Instagram.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de São Paulo, o caso foi registrado na Comarca de Bragança Paulista e o autor quer receber R$ 30 mil pelos danos causados caso se comprove uma cópia.

Procurada, a assessoria do cantor Zé Felipe afirma que o cantor e a equipe já tomaram conhecimento da ação posposta por José Carlos. "Assim sendo, o departamento jurídico está elaborando defesa e comprovando que inexiste razão no mérito do pedido, como também que o Zé Felipe é apenas o intérprete da música (cantor)", diz. O comunicado ainda diz que as demais questões deverão seguir entre o autor do processo e as gravadoras e produtoras envolvidas.

A música "Toma Toma Vapo Vapo" foi apenas um dos seis hits emplacados por Zé Felipe entre o top 50 das principais plataformas musicais em 2022. Ela já conta com quase 200 milhões de visualizações no YouTube.

Qual música Zé Felipe plagiou?
1 de 2 Cantor de Bragança Paulista pede indenização por plágio contra Zé Felipe — Foto: Arte/g1

Cantor de Bragança Paulista pede indenização por plágio contra Zé Felipe — Foto: Arte/g1

O cantor Zé Felipe é alvo de uma ação por plágio e danos morais. O sertanejo foi acionado na Justiça pelo cantor e compositor Carlinhos Mutuca, que afirma que sua música 'Vip Vap' foi plagiada pelo sertanejo no hit ‘Toma Toma Vapo Vapo'. A defesa de Zé Felipe diz que a acusação não procede (veja mais abaixo).

A música ‘Toma Toma Vapo Vapo’ foi lançada em novembro de 2021 por Zé Felipe e está entre uma das mais tocadas da carreira do cantor, com 120 milhões de plays no Spotify e 193 milhões de views no Youtube.

De acordo com Mutuca, assim que ouviu a canção, percebeu a semelhança com o seu hit ‘Vip Vap’. O cantor, que mora em Bragança Paulista, se apresenta com a música desde 2016, quando participou de programas de TV, mas fez o registro em seu nome em 2020.

Ouça trechos das duas músicas

Qual música Zé Felipe plagiou?

Zé Felipe é acusado de plágio em música 'Toma Toma Vapo Vapo'

Na ação movida na 4ª Vara Cível em Bragança Paulista, Mutuca alega que a semelhança entre elas está na sonoridade da expressão que dá o título da música e a expressão, que faz referência a atos libidinosos. No documento entregue à Justiça, ele usa o refrão como comparativo.

Na sua canção, Mutuca canta:

Ela quer vip / Ela quer vap / Ela quer vip vip vip vip vap / Ela quer vip / Ela quer vap / Ela quer vip vip vip vip vap / Vip vap vip vap vip vap vip vap / Vip vap vip vap vip vap vip vap / Vip vap é cachaça louca / A mulher fica beba e tira a roupa / O que não era pra ver todo mundo já viu / Ela tirou a calcinha e mostrou / Chegou polícia no bar / Ela vai vestir a calcinha / Vip vap não vai mais tomar / Chegou polícia no bar / Ela vai vestir a calcinha / Vip vap não vai mais tomar / Ela quer vip / Ela quer vap / Ela quer vip vip vip vip vap

Qual música Zé Felipe plagiou?
2 de 2 Zé Felipe — Foto: Divulgação

Zé Felipe — Foto: Divulgação

Na canção de Zé Felipe, no refrão o sertanejo canta:

Brota na minha casa, eu vou te dar um chá bem dado / Brota na minha casa, eu vou te dar um chá bem dado / Oh toma-toma, vapo-vapo / Dentro do seu quarto / Oh toma-toma, vapo-vapo / Dentro do meu quarto / Oh toma-toma, vapo-vapo / Toma rebolado / Oh toma-toma, vapo-vapo / Se liga bebê, ah / Oh toma-toma, vapo-vapo / Toma espolagem / Ah, toma, toma, toma / Dentro do meu quarto

Na ação, Carlinhos Mutuca alega que a canção do sertanejo Zé Felipe é uma ‘obra derivada’, o que cabe como plágio.

Mutuca pede indenização citando Zé Felipe, que canta o hit com ele, além dos compositores no registro da canção, a produtora e agravadora. Ele ainda pede R$ 30 mil em indenização por danos morais pelo plágio. O processo foi proposto em abril deste ano e ainda está em fase de citação dos envolvidos.

A defesa de Zé Felipe informou que "está elaborando defesa comprovando a improcedência no mérito do pedido".

A dança do hit de Zé Felipe viralizou nas redes sociais e se tornou uma trend. No Tik Tok foram criados mais de 860 mil vídeos e a coreografia foi repetida por famosos como Gkay, Virgínia Fonseca, Larissa Manoela e Deolane Bezerra.

Com os famosos repetindo a dança, milhares de pessoas repercutiram a música também no Instagram, onde mais de 200 mil vídeos foram publicados com a música.

Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região